16 fatos da França que nos surpreenderam este ano [fr]

2016 está no fim e é hora da Retrospectiva! O ano pode ter sido difícil, mas muitas práticas e novidades que vieram lá da França nos deram esperança de que o mundo pode ser um lugar melhor.

O que mais chamou sua atenção em 2016?! Na França, muita coisa boa aconteceu no ano que termina. Seja na área tecnológica, na economia, nas artes... Ou até mesmo na sorte! Confira aqui nossa Retrô com as 16 coisas que nos deixaram muito orgulhosos e contentes neste ano. Esperamos que em 2017 possamos comemorar mais feitos juntos com vocês!

Bonnes fêtes!

1.França proíbe copos, pratos e talheres de plásticos

No final de agosto, a França decretou a proibição na produção e comércio de pratos, copos e talheres de plástico a partir do dia 1º de Janeiro de 2020. Os novos utensílios deverão conter 50% de matérias-primas provenientes de fontes renováveis ​até o ano de vigência da medida e a taxa deverá ser de 60% a partir de 2025.

JPEG

A decisão pretende reduzir a propagação de materiais tóxicos no meio ambiente e rapidamente foi notada pelo mundo, sendo elogiada igualmente por combater os males à saúde dos habitantes, expostos às nocivas substâncias do plástico.

2. Um Carnaval à la française na Avenida!

Graças à ação de sua rede diplomática e cultural, a França celebrou uma parceria inesquecível com a escola de samba mais tradicional e campeã de São Paulo: a Vai-Vai. A parceria teve o objetivo de divulgar o melhor da França para novos públicos e de democratizar sua imagem junto a pessoas de todas as origens sociais.

Além de tradições, música, arte, moda, gastronomia e até perfume no ar, nossa modernidade também deu o ar da graça nessa contagiante alegria que levou mais de 300 franceses a desfilarem pela escola e comparecerem em quase todos os contagiantes ensaios.

No âmbito desta parceria, a rede diplomática francesa desenvolveu várias iniciativas para que a grande festa do carnaval representasse totalmente o resplendor e a influência da França - como a missão de imersão na França dos carnavalescos, os responsáveis por conceber todo o desfile, em setembro de 2015.

JPEG

O desfile foi uma das coisas mais lindas já vistas na Avenida. Ficamos com o 4º lugar, garantindo um desfile extra entre as campeãs, e a Vai-Vai também foi a escola de samba mais comentada na Internet durante a festa!

PNG

E por fim, perpetuamos essa amizade entre a França e o Bixiga com um presente da Aliança Francesa! A escola de francês mais famosa do mundo apoiou a querida comunidade paulistana da Vai-Vai com 100 bolsas de estudo na escola de duração de 3 meses, abrindo o futuro dessa nova geração para incríveis oportunidades!

Veja também: Parceria França/Vai-Vai!

3. Lei francesa combate o desperdício de alimentos

Em um planeta onde a fome ainda atinge milhões de pessoas, a França deu um grande passo na luta contra o desperdício! Este ano virou oficial e jogar comida fora é ilegal. Uma nova lei francesa proíbe que os supermercados locais descartem alimentos não vendidos. A partir de agora, vão ser obrigados a doá-los a instituições de caridade e bancos alimentares.

JPEG

A lei fez escola e, em março, a Itália também começou a debater sobre a aplicação de uma legislação parecida! A ideia - considerada um sucesso ecológico e humanitário - agraciou seu idealizador, o francês Arash Derambarsh, com a indicação para um dos 100 maiores pensadores globais da revista Foreign Policy.

4. O selo French Tech chega à América Latina

São Paulo foi a primeira cidade latino americana a receber o selo da inovação francesa. Sampa foi classificada pela França como um ambiente fértil para o desenvolvimento e criação de startups, novas empresas que ganham o mundo com soluções criativas, práticas e muito modernas.

A capital paulista já tinha dois grandes reconhecimentos franceses por sua dinâmica econômica: a presença da Câmara de Comércio França-Brasil e a agência Business France (eleita a melhor instituição de internacionalização de empresas no mundo em 2016) e, para os próximos anos, pretende aperfeiçoar essa relação!

Só em SP, 150 startups francesas marcam presença e dinamizam a Diplomacia Econômica entre os dois países. Em 2016, a França continuou a despontar como um dos lugares que mais oferece condições para o desenvolvimento de startups no mundo e espalhou esse ideal para fora.

PNG

Com profissionais altamente preparados, centros de estudo renomados, subvenções econômicas acessíveis e uma cultura que respeita o trabalho e a concorrência, a França tem reunido empresas que estão ganhando o Brasil e o mundo.

PNG

Paris, por exemplo, já tem 5.000 startups e está prestes a ganhar ainda mais no próximos anos chegada da maior incubadora de empreendimentos do mundo, a La Halle Freyssinet. Tecnologia e espírito "entrepreneur" também são nossas tradições.

Veja também:
- Novos indicadores do crescimento da França
- Por que investir na França?!

5. Tecnologia francesa vira aliada das grandes cidades

O radar meteorológico de alta resolução da Novimet - inaugurado este ano na capital paulista - é um grande trunfo que vai permitir previsões mais precisas sobre as condições climáticas na Grande SP.

JPEG

O instrumento é fruto de estudos de ponta franceses e pode monitorar a chuva a cada um minuto, o que permite determinar com precisão bairros, ruas e quarteirões afetados. Sua área de cobertura se estende por 70 km, abrangendo quase toda a capital e a região metropolitana.

Resultado de uma empenhada negociação da Diplomacia Econômica entre a França e o Brasil, o radar será integrado ao Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo e demais centrais de controle urbano.

Veja também: Inauguração do Radar Novimet em São Paulo

6. Eurocopa atraí milhões de visitantes e deixa a França pronta para grandes eventos esportivos

Mesmo com nossos queridos amigos portugueses levando a taça pra casa, o assunto não é um tabu! Pelo contrário! 108 gols depois do apito inicial em 10 de junho deste ano, temos muito a comemorar o sucesso que foi a Euro2016!

JPEG
Foto: Fédération Française de Football

A França sediou seu grande primeiro evento de uma temporada que promete altas emoções no esporte. A Eurocopa atraiu um enorme público, com um total de 1,5 milhão de visitantes no país e uma média de 48 mil pessoas nos estádios mais bem equipados do continente por partida! E curtindo muito, né?! Principalmente os irlandeses!

JPEG
Foto: Fédération Française de Football

Dentro dos campos, muita festa e muitas surpresas… Fora dele, um saldo extremamente positivo: 1,3 bilhão de euros em impacto econômico movimentado pelos torcedores, presença de 60% de torcedores interacionais (20% a mais do que o previsto) e um alto retorno favorável dos hotéis, que receberam o mundo todo para essa festa.

7. Atletas franceses fazem história na Rio 2016

O Rio de Janeiro foi a casa do mundo durante mais uma edição dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. A França fez bonito nessa grande festa do esporte! Em um desempenho recorde, o país garantiu 42 medalhas nas Olimpíadas - sendo 10 de ouro, 18 de prata e 14 de bronze - e figurou na posição do ranking de delegações. Nas Paralimpíadas, o 12º lugar e 28 pódios - (9 de ouro, 5 de prata e 14 de bronze). Uma potência do esporte!

JPEG
Foto: France Olympique

Entre tantas estrelas da França Olímpica, o grande feito épico é do corredor Christophe Lemaitre, que treinou em São Paulo antes da competição e conquistou a medalha de bronze nos 200m rasos - uma das provas mais rápidas do atletismo. A medalha vale o ouro mais precioso, pois o francês ficou apenas alguns segundos atrás de Usain Bolt, a lenda viva do esporte, e deu ao seu país um prêmio aguardado por 56 anos na modalidade.

PNG
Foto: France Olympique

Veja também:
- As conquistas da França Olímpica
- 11 atletas paralímpicos da França para seguir de perto

8. Administração francesa facilita a vida de quem está longe de casa

A aplicação o Referencial Marianne, conjunto de práticas do governo francês a ser seguido por consulados e representações da França no mundo, continuou a assegurar permanentemente uma recepção calorosa para facilitar os esforços de nossos compatriotas expatriados, tendo em conta as especificidades de morar bem longe de casa.

Os Consulados, como o de São Paulo, comunicaram e aplicaram esse modelo, tornando mais simples o agendamento de rendez-vous e a inscrição para procedimentos formais, como as eleições!

PNG

Assim, quem está fora da França também pode trazer na mala o conforto, a segurança, a tranquilidade e a eficiência de nossa administração!

9. A França reina no topo dos melhores destinos!

Este ano, a França permaneceu no topo do mundo do Turismo, com 80 milhões de turistas estrangeiros passando por nosso país - de acordo com as estimativas numéricas da temporada 2016!

O turismo também continuou a ser um setor-chave da economia francesa, responsável por entre 7 e 8% do nosso PIB e por gerar 2 milhões de empregos diretos e indiretos.

JPEG

As cidades francesas também despontaram como ótimas opções na Europa e no mundo, com destaque para a belíssima Lyon, eleita melhor destino europeu para finais de semana pelo World Travel Awards. Com 5,5 milhões de visitantes por ano - 2 milhões a mais do que reunia há 10 anos, a taxa de ocupação de hotéis na cidade chegou a impressionantes 65% nos 7 primeiros meses de 2016. #PartiuFrança?

10. Goût de France, o menu 5 estrelas da França

Em 2016, a receita da segunda edição do Goût de France foi um sucesso em todo mundo. No menu, a gastronomia francesa e toda sua versatilidade nos 5 continentes.

Mais de 1.700 restaurantes homenagearam nossa cozinha em 150 países, com larga cobertura da imprensa e das redes sociais em um dia todo dedicado a pratos que povoam o imaginário e paladar global. Aqui no Brasil não foi diferente e mais de 90 estabelecimentos em 19 cidades puderam desejar Bon Appétit ao seus clientes.

Ano que vem tem mais! As inscrições para o Goût de France 2017 estão abertas até dia 13 de janeiro. Chefs, donos de restaurantes e amantes da gastronomia francesa já têm todos os ingredientes para mais uma deliciosa experiência.

11. O Acordo de Paris entra em vigor pelo bem do planeta

Em tempo recorde, o histórico acordo obtido na COP21 em Paris foi ratificado por 74 países - o que representa 58,62% das emissões globais de gases estufa. Sucesso da diplomacia francesa que costurou, em 2015, as condições para o importante passo da comunidade internacional rumo à preservação imediata do meio-ambiente.

O pacto estabelece as bases para a redução das emissões de gases de efeito estufa e para começar a sonhar com um mundo sem combustíveis fósseis. Além disso, coloca, ao mesmo tempo, desafios e grandes oportunidades para os que apostarem em energias limpas.

JPEG
Foto: Han Qian/XinHua

Durante o dia 4 de novembro, o mundo celebrou, em verde, a entrada em vigor do Acordo de Paris! Até aqui em SP! Vai Planeta!

12. O mundo vira novamente placo da dança francesa

O "FranceDanse", programa do Institut Français para difusão da dança contemporânea do país deu o ar de sua graça pela primeira vez no Brasil. A 16ª edição do festival, que já passou por Europa, Ásia e América do Norte, sagrou-se a maior do projeto, iniciado em 2007.

JPEG

Durante quase três meses foram apresentados 70 espetáculos de 16 companhias francesas. 150 profissionais circularam por mais de 15 cidades do Brasil levando a filosofia da dança para os 4 cantos do país. Corpo e mente em movimento pelo bem da cultura, do lazer e do bem-estar!

13. França levanta a bandeira contra a discriminação de gênero ♀

A luta pela igualdade de gênero é uma prioridade do governo francês. Pela égalité, foi lançada este ano uma campanha nacional para combater o sexismo, que também vai focar problemas graves, como a violência, o direito ao aborto e as diferenças salariais. Junto à atriz Julie Gayet, um grupo de 60 artistas, intelectuais e cientistas juntam forças como porta-vozes da campanha de empoderamento.

O país também viu feitos pioneiros serem realizados por grandes mulheres - inspirando a vida de outras milhões em todo mundo. Em outubro, a competição internacional de cocktails - World Class Bartenders of the Year - foi vencida, pela primeira vez, por uma mulher! A francesa Jennifer Le Nechet conquistou o título de melhor bartender do mundo, num concurso com quase dez mil participantes!

PNG

Em novembro, a eleição de Nathalie Boy de la Tour à frente da respeitada Ligue 1 francesa tornou-se mais que simbólica e, pela primeira vez na Historia, uma dirigente mulher comandará a primeira divisão do futebol no país nos próximos 4 anos.

14. A revisão da lei sobre doação de sangue por homossexuais

Em novembro de 2015, a ministra da Saúde da França, Marisol Touraine, anunciou o fim da proibição de doação de sangue por homossexuais. O avanço histórico no combate ao preconceito foi reconhecido internacionalmente!

JPEG

A medida começou a valer em março deste ano. A partir de então, ninguém pode ser excluído da doação de sangue por causa de sua orientação sexual, mantendo como princípio a segurança e respeito das pessoas que recebem a transfusão.

A iniciativa francesa foi elogiada internacionalmente e, no Brasil, foi premiada pela Parada do Orgulho LGBT de São Paulo - APOGLBT! E que o trabalho por um mundo com mais amor e égalité continue!

15. Francês sortudo acha 100kg de ouro em casa!

Afinal, sorte é bom e a gente gosta.

JPEG

Um francês herdou uma casa em Évreux, cerca de 100km de Paris, e encontrou nela um total de 100kg de ouro escondidos sob os móveis, no banheiro e em uma caixa de uísque! A quantia teve valor estimado em 3,5 milhões de euros. Vai ser bem localizado assim na... França!

16. Uma francesa mostrou que nunca é tarde para realizar sonhos!

Histórias de superação sempre nos emocionam! ❤

E a força de vontade da francesa Colette Bourlier é um exemplo disso. Ao obter seu título de doutorado aos 91 anos, Bourlier tornou-se a pessoa mais velha a obter a graduação na França. E após três décadas de muito trabalho, ainda teve direto a menção honrosa da Université de Franche-Comté

PNG
Foto: Université de Franche-Comté

Inspire-se e estude na França você também! As candidaturas para cursar o ensino superior para o ano escolar 2017/2018 já estão abertas e o Campus France Brasil pode ajudar você a realizar esse objetivo!

Et bonne année 2017!

publicado em 30/12/2016

início da página